keyboard_arrow_up
Dinheiro no Bolso

IR 2017: Como declarar seus investimentos em Renda Variável

Surgem dúvidas na hora de declarar investimentos no Imposto de Renda 2017

Muitos investidores espalhados por todo Brasil ainda têm dúvidas sobre como declarar suas aplicações. Não é para menos. Trata-se de um processo minucioso e muito rico em detalhes, o que exige muita atenção.

Existem algumas diferenças na hora de declarar Renda Fixa e Renda Variável. Para ajudar o investidor que opera na Bolsa de Valores, abaixo estão algumas dúvidas que sempre aparecem na hora de declarar o Imposto de Renda sobre seus rendimentos.

Sobre o que o imposto incide?

O que gera Imposto de Renda tanto no Mercado de Ações como no Mercado Futuro é a apuração de lucro nas vendas dos ativos. Enquanto a operação não é encerrada, o investidor não deve o IR.

Qual a alíquota do IR retido na fonte?

A corretora recolhe na fonte o Imposto de Renda sobre o valor de 0,005%. Em operações Day Trade, o IR recolhido na fonte é de 1%. Esse valor deve ser descontado quando o IR total for pago.

Como realizar o pagamento?

Parte da tributação dos rendimentos é retida na fonte e consta no extrato emitido pela corretora de valores em que o investidor possui uma conta. Outra parte deve ser paga através de um DARF (Documento de Arrecadação de Receitas Federais), preenchido pelo próprio contribuinte no site da Receita Federal.

O código utilizado por pessoa física para as tributações em Renda Variável é o 6015. O período de apuração diz respeito ao mês em que as ações foram vendidas. Por exemplo, se as ações foram vendidas em outubro, a data do “período de apuração” do DARF será o dia 31.10.2016. A data de vencimento será o último dia útil do mês subsequente.

Como fazer a declaração anual?

Ao fazer sua declaração anual dos investimentos em Renda Variável, o investidor precisa informar mês a mês o ganho das operações na seção “Renda Variável”. Na ficha “Bens e Direitos”, o investidor precisa discriminar o custo de aquisição, sem atualizações, de cada papel que ele possuía no final do ano base.

Já os dividendos são isentos, mas mesmo assim precisam ser declarados. Esta ação pode ser feita na seção “Rendimentos Isentos e Não Tributáveis”. Já os dividendos provisionados e não recebidos vão para a seção “Bens e Direitos”.

É possível compensar prejuízos?

Caso o investidor tenha prejuízo após a venda de uma ação ele poderá compensá-lo depois. Porém, é preciso ficar atento a uma regra importante: o prejuízo em uma modalidade só será compensado naquela mesma modalidade. Ou seja, um prejuízo em Day Trade, por exemplo só compensa lucro em Day Trade.

Os custos com corretagem são deduzidos?

Sim, os custos com a corretagem cobradas nas operações em Renda Variável poderão ser descontados.

Quando há isenção do Imposto de Renda?

Se as vendas dentro do mês não ultrapassarem R$ 20.000, elas estarão isentas de IR. Mas, caso este valor seja ultrapassado, o lucro é calculado sobre o valor total. Algumas aplicações financeiras, como investimento LCI, LCA, poupança e dividendos, são isentos do tributo, mas devem ser declarados mesmo assim.

Conhecer as regras desse jogo é fundamental para ter um bom resultado no final. Declarar o Imposto de Renda 2017 pode não ser a tarefa mais fácil do mundo, mas também não é algo que precisa causar medo nem em iniciantes e nem em grandes investidores.

Para quem ainda não domina o processo a dica é estudá-lo antes de fazer a declaração. Depois é só incluir todos os dados e comprovantes com bastante atenção e revisar mais de uma vez antes de enviar a declaração final.

Por fim, o contribuinte pode conferir se nenhum erro passou despercebido. Caso isso tenha ocorrido, é possível enviar uma retificação à Receita Federal corrigindo os erros. Ou seja, ainda há outra chance de consertar alguma informação errada.

Depois de esclarecer suas dúvidas e ler essas dicas, é só fazer sua declaração com calma e ficar de olho nos detalhes. Não tenha dúvidas que depois de fazer uma declaração bem feita e entregá-lá dentro do prazo, você não terá dores de cabeça com seu Imposto de Renda.